Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Monstras

UPDATE POST SPEED DATING| Love is in the air!

 

 

 

love is in the air-01-01.png

 

 

 

Ora então quando nós pensávamos que o Speed dating já fazia parte do nosso passado, eis que o bicho ressuscita!

 

Penso que não tinha referido esta parte no post que escrevi sobre o assunto, mas tanto eu como a amiga que me acompanhou tivemos algumas correspondências após o speed dating. Eu confesso que me mantive fiel à monstra que há em mim (não que seja uma coisa positiva) e nunca mais dei feedback… (Prometo que vou trabalhar nisso) Já a amiga S. alimentou, e muito bem, a tentativa de contacto feita por um dos seus “matchs” e a quem até tinha achado uma certa piada. No final, acabou por dizer "YES TO THE DATE!

 

E eis que, conversa puxa conversa, e os dois acabaram num date, super normal, que correu muito bem e … so far so good! E atenção que a minha amiga não é uma "Maria vai com todos". É até tão bicho do mato quanto eu!! Por isso, se para ela foi possível, porque não o será para outra pessoa? :)

 

É ainda cedo para dizer se a coisa vai dar em algo mais do que uma bela amizade, prometo que vos vou mantendo a par. Mas tudo isto para reforçar o que já tinha referido no post anterior.

 

O IMPORTANTE É SAIR DA NOSSA ZONA DE CONFORTO, MANTER O ESPIRITO ABERTO E EXPERIMENTAR COISAS NOVAS. ATÉ MESMO AQUELAS QUE À PARTIDA NÃO PONDERÁVAMOS FAZER. QUAL A MELHOR FORMA DE FORMAR OPINIÃO SOBRE UMA COISA SENÃO PASSANDO POR ELA?

 

O speed dating está, tal como muitas outras atividades, altamente cotado negativamente. As pessoas acham que só os encalhados, feios, gordos, desesperados ou pessoas com problemas de socialização participam neste tipo de atividades. A verdade é que não é bem assim. Tal como vos disse anteriormente, existia todo o tipo de pessoas na sessão em que participei e a verdade é que tenho agora uma amiga (perfeitamente “normal”) a conhecer melhor uma pessoa (também ela perfeitamente “normal”) com quem fez match numa sessão de speed dating.

 

Por isso, caros monstrinhos, toca de sair da zona de conforto! Acabem com as ideias preconcebidas sobre coisas que desconhecem, deixem de pensar “isto não é para mim” ou “eu não sou assim” e simplesmente VIVAM!

 

Vão ver que vai ser muito mais divertido ;)

 

Monstra P.

2 comentários

Comentar post