Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Monstras

Receita de salmão com molho teriaki, que é coisa que parece que estivemos horas a suar na cozinha, mas afinal não

Sou fã do Jamie Oliver e isto remonta ao tempo em que eu ainda não tinha de mexer uma palha na cozinha. Aquele jeito descontraído, ensaiado ou não, sempre me cativou. Os panos usados e sujos, as mãos gordurosas sempre prontas para juntar mais uma nódoa ao avental impecavelmente passado. Sou tão eu. É que a cozinha é isto, pelo menos para mim. Sujar, provar e deixar tudo num virote. Tudo em prol de uma gastronomia autêntica, com sabor e, sempre “a gosto” e a “olhómetro”. É, eu e as quantidades não somos muito amigas. Eu leio uma receita e depois fecho-a e, com base naquilo que ficou nesta mente peregrina, lá vou fazendo. E depois seja o que Deus quiser. Há bolos que não crescem, tartes partidas, frangos picantes e por aí fora… mas também há coisas realmente boas que me fazem pensar que, se calhar, um dia podia estar ali ao lado do Goucha no Master Chef.

 

Bem, e esta receita, com base em várias receitas do querido Jamie Oliver (achei-as um pouco complicadas e decidi fazer assim uma nova versão, e vá que até ficou bem), é ideal para muitas ocasiões. A primeira vez que a usei foi em casa, ao jantar, num dia de semana. O meu homem ficou logo a pensar que tinha juntado os trapos com a Filipa Vacondeus, de tão bonito e supimpa que este prato ficou.

 

Então cá vai:

 

- salmão (podem ser 2 lombos ou 2 postas);

- 1 chávena molho de soja;

- 2 colheres de sopa de mel;

- 1 lima ou ½ limão;

- 1 malagueta ou 1 colher de chá de molho tabasco;

- 1 colher de sopa de sementes de sésamo;

- 1 colher de sopa de cebolinho desidratado.

 

Fazer uma marinada com o molho de soja, o mel, a lima/limão, e a malagueta/tabasco. Misturar tudo com uma vara de arames ou uma colher grande até os ingredientes estarem bem incorporados. Prove e retifique os temperos a gosto (aqui é mesmo uma questão de gosto: se prefere mais picante, mais espesso e doce ou mais ácido). Depois junte as sementes de sésamo e o cebolinho à marinada. Coloque o salmão num tabuleiro de ir ao forno e regue com o preparado anterior. Leve ao forno até ficar ligeiramente tostado (eu pelo menos gosto dele assim) e já está. Acompanhe com arroz basmati e brócolos cozidos a vapor.

 

food-salmon-teriyaki-cooking.jpg

 

Dica: a receita também funciona bem se substituir o salmão por espetadas de lulas ou camarão (ou lulas com camarão, melhor ainda!), frango ou, para vegetarianos e simpatizantes, um tofuzinho também não vai nada mal.

 

Monstra S.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.