Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Monstras

Modelitos de Monstra: o drama das saias plissadas

As saias plissadas podem ser um drama. E porquê? A maior parte das pessoas gosta do modelo, mas...:

 

a) ... não sabe como conjugá-lo

b) ... não têm a certeza se lhe ficará bem

c) ... não têm atitude suficiente para o usar

 

Não existe uma fórmula mágica, ou seja, é bem provável que o modelo da saia plissada não fique bem a muita gente. Mas há, de facto, muitas pessoas que pensam não lhes ficar bem e que estão redondamente enganadas. E eu cá conheço umas quantas, a começar logo pela Monstra P., que tem um exemplar encafuado no armário à espera do Apocalipse. Isso só me faz lembrar a minha avó, que tem sempre uma série de modelitos religiosamente guardados para quando for parar ao hospital. 

 

Se quer usar uma saia plissada tem de usá-la com atitude. Se consegue cortar uma cebola, chorar e fazer o jantar com a maquilhagem esborratada (esta sou eu), porque carga de água não há de conseguir sair à rua com uma saia plissada?

Exato.

 

Por isso, se evitar a próxima lista de erros, não há mesmo como falhar:

- Não usar a saia plissada com collants opacos (se for uma pessoa baixa, é mesmo proibido)

- Não usar o cós da saia abaixo da linha do umbigo, sempre acima (isto não quer dizer que seja para usar nos sovacos ou na linha das mamas)

- Não usar com botas até ao joelho (só se for uma pessoa muito alta e magra, senão esqueça)

- Não usar saia plissada até aos pés, se for uma amostra de pessoa (tipo Monstras). É importante que a saia bata ao nível do joelho ou ligeiramente abaixo.

- Não usar t-shirts ou tops muito justos. Pode usar por dentro (preferencialmente) ou por fora (com muitíssima atitude), mas sempre com uma folga.

- Não usar saias muito rodadas, se for uma pessoa cheinha ou com ancas muito largas. Opte pelos modelos mais fluídos.

 

E pronto, é isto! Fácil, não é? Agora, inspire-se nesta gente gira e toca a usar saias plissadas com fartura. Yes, you can!

 

9512e8f0cf5d00f59f244e4679fa7427--pleated-skirt-ou

Com ténis: use ligeiramente abaixo do joelho. Tem de se ver pele, para não ficar com um ar estranho.

188916c8fa51865421d776852d841dd5--skirt-pleated-mi

Com saltos: um salto alto faz sempre a diferença, por isso, se puder, prefira esta opção. Vai alongar a sua figura.

d645a930d4c85e8eca3e2da47bc332ad--grey-sneakers-sk

Com ténis e saia comprida: se é alta pode usar esta versão, mas opte por saias pouco rodadas e mais fluídas.

d8549d72845b10e3e31cbeb83f586460--urban-street-sty

Com botas: prefira versões de cano baixo (pelo tornozelo) e conjugue de preferência com a mesma palete cromática da saia.

fashion-2014-10-mfw-date-6-main.jpg

 Com ténis e casaco comprido: este é um look difícil de obter, pois pode não favorecer a maior parte das pessoas. No entanto, se optar por uma palete de cores neutra o resultado será sempre melhor.

 

 

Monstra S.

 

Fonte das imagens: Google

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.